Publicado em 15/12/20

Crédito imobiliário recusado? Saiba como evitar

Na vida de toda pessoa chega aquele momento em que ela precisa se mudar e ter seu próprio lar, seja para se casar, buscar independência, etc. O fato é que em certo momento você se encontrará planejando financiar um imóvel.

Nessa hora é crucial, principalmente para os inexperientes, saber alguns pré requisitos básicos para se adquirir um imóvel. Um desses requisitos que costumam dar mais dor de cabeça é o crédito imobiliário. 

Afinal de contas, como evitar a recusa desse crédito? É essa a informação que a AP Ponto traz hoje.

Ter um nome sem restrição financeira

Essa será a primeira coisa que uma instituição vai avaliar quando você solicitar qualquer linha de crédito, não só para imóveis. 

Ter um nome sem negativação no Serasa e SPC é indispensável para que você consiga financiar seu imóvel. Se o seu cadastro de Pessoa Física (CPF) tiver alguma pendência, dificilmente você poderá continuar com o processo.

Felizmente, no próprio site do Serasa é possível negociar qualquer dívida e a maior parte delas com desconto e sem juros. Todo ano tem uma campanha de “limpar nome”, onde os descontos são ainda maiores, é uma ótima oportunidade para estar com o nome limpo e ter boas chances de conseguir comprar seu imóvel.

Outra coisa que deve observar no seu perfil no Serasa é seu Score, ele é como se fosse uma métrica e quanto mais alto mais chances de conseguir aprovações de crédito maiores e com mais facilidade. 

Leia também: Cadastro Positivo: o que é, benefícios e como fazer

Possuir conta ativa em algum banco

É muito importante ter uma conta ativa em algum banco na hora de solicitar o crédito financeiro, sendo na sua própria agência ou não, uma conta será uma forma da instituição avaliar seu histórico e movimentação financeira, saber se quita as contas em dia e ter acesso a sua situação cadastral. 

Pessoas que têm um grande fluxo financeiro de entrada e saída conseguem linhas de crédito com mais facilidade.

Estar com a documentação em dia

Não adianta estar com o CPF sem restrições, ter uma conta ativa no banco e não estar com sua documentação pessoal em dia. Já adiantamos que para conseguir uma linha de crédito, a documentação básica necessária é a seguinte:

  • RG ou CNH;
  • CPF;
  • carteira de trabalho;
  • comprovante de renda;
  • comprovante de residência;
  • comprovante de estado civil;
  • declaração do Imposto de Renda;
  • Cadastro Positivo do Serasa Experian (para quem tem cadastro), entre outras que a instituição solicitar.

Ela pode variar de uma instituição para outra, mas se você estiver com tudo acima em mãos, já estará com a aprovação bem adiantada.

Comprovação de renda e bens

Essa informação também será necessária no momento da solicitação, porque a construtora ou o banco em que você vai solicitar o financiamento precisa saber quanto você ganha.

Se você trabalha de carteira assinada, ótimo. Basta solicitar os seus contracheques na empresa onde trabalha.

Se você é autônomo, não tem problema. A sua comprovação de renda pode ser feita através de extratos bancários, por isso é recomendado que acumule todos os seus ganhos em apenas um banco.

Leia também: Como comprovar renda sendo autônomo.

Solicitar linhas de créditos surreais

Geralmente os bancos te informam qual o teto da sua linha de crédito, mas não chegue solicitando uma alta demais, pois eles podem barrá-la. As parcelas do seu imóvel não podem comprometer mais de 30% da sua renda, ou da renda total da sua família. Mais que isso é um risco de inadimplência e você poderá ter problemas para conseguir pagar, tendo consequências terríveis.

Conclusão

Apesar de parecer muito complicado conseguir uma linha de crédito imobiliário, é mais fácil do que parece. Quando estiver começando a planejar comprar um imóvel, providencie os itens mencionados na lista aos poucos e não deixe para fazer tudo de última hora, pois isso pode te atrapalhar.

Se você tentar e não conseguir, não desanime. Investigue qual foi a causa da recusa e tente novamente depois de um tempo, o importante é não desistir do sonho da casa própria.

Uma dica extra, é você financiar seu imóvel pelo Programa Casa Verde e Amarela, que tem as melhores condições de pagamento. Você pode financiar até 100% do imóvel, com os menores juros do mercado e você pode dividir a entrada em até 60 vezes.

Para financiar usando o Programa Casa Verde e Amarela, você pode fazer isso aqui na construtora AP Ponto mesmo, porque todos os nossos empreendimentos são financiados pelo programa do governo. 

Além de todas as vantagens do programa mencionadas, a AP Ponto te livra de toda a burocracia, com um processo muito tranquilo e transparente.

Confira outras dicas de como comprar o seu apartamento em nosso Blog e até breve!